Tema - Reforma Íntima
Inserir subtítulo aqui

Reforma Íntima

Como podemos definir a Reforma Íntima?

A Reforma Íntima, muitas vezes referenciada seja em Palestras ou comentários sobre temas Evangélicos, caracterizando-a, é um processo individual que cada criatura desenvolve no sentido de se aprimorar por forma a se depurar das imperfeições Morais.

Este processo é movido pela vontade de cada um de nós, que também nos leva a um Autoconhecimento a nível Espiritual e mesmo intelectual, dado que a Educação também nos leva á compreensão das virtudes.

Reforçando, transformação do Homem Velho em Homem Renovado, caminhando retamente para a Fatalidade, A Perfeição.

Qual a necessidade de realizarmos esta Reforma em Nós?

Este é um processo interno de moldagem das nossas imperfeições que nos colocam em linha com as verdadeiras aspirações do Espírito.

Como somos Espíritos encarnados em conjunto com os demais habitantes do Orbe terrestre, lidamos e interagimos com outras criaturas e este nosso trabalho de melhoria se reflete diretamente nas nossas relações diárias, tornando-nos pessoas mais afáveis e menos conflituosas com capacidade de maior análise sobre as perturbações que se nos apresentam.

Devemos também considerar que quando nos elevamos Espiritualmente, acabamos por nos tornar uma pequena Luz que acaba por chamar atenção e com essa linha de luz outros a tomaram como Farol Orientador, sendo a nossa responsabilidade aumentada para o cuidado a ter nos caminhos que percorremos.

Sendo a nossa reencarnação uma forma de nos melhorarmos, então não podemos desperdiçar a oportunidade Divina, pois o nosso compromisso com os planaltos da Sabedoria Superior aguardam por nós, afinal também somos parte do concerto universal da harmonia.

Não devemos esquecer que estamos num processo avançado de Transição Planetária, o tempo urge é imperativo avançar com a nossa Reforma Intima, mas de forma segura e sustentada.

Como fazer a Minha Reforma Intima?

Todos estamos de alguma forma capacitados para realizar este processo reformador, basta usar um atributo do espírito, a Vontade.

Para além da possibilidade mais segura, uma vez que nos ajuda e sustentará a motivação, que é participar em atividades nos Centros Espíritas, seja nos Grupos de Estudo, Palestras, trabalho de ajuda ao próximo entre outras atividades que são realizadas pelas instituições, também podemos avançar sozinhos, nada impede nem sequer existem recomendações em contrario, procedendo de forma sincera com essa vontade, o entusiasmo é importante, não esmorecer perante as dificuldades bem como a alegria saber integrar as nossas conquistas.

Ajudar-nos-á as leituras regulares de obras de teor elevado bem como as da Codificação, realização do Evangelho no Lar pelo menos uma vez por semana, não podendo nós esquecermo-nos de agradecer diariamente pela vida e Família.

Portanto um conjunto de sugestões que seguidas com correção e dedicação seguramente conseguiremos um trabalho final de muito valor.

Para quem possa ter mais dificuldade na compreensão e forma da realização da sua melhoria interna, existe uma indicação muito " Simples" que o Mestre Jesus nos deixou com regia orientação:

" Fazer aos Outros o que gostavas que fizessem a Ti Próprio "

É necessário ser Espírita para realizar a Reforma Intima?

Como é Obvio Não é Necessário ser Espírita, mas o Espírita enquanto criatura esclarecida e conhecedor da necessidade do processo renovador têm mais responsabilidade.

Mas a modificação íntima é transversal a todas as criaturas da Terra, não estamos perante algo que se possa escolher é um imperativo, os tempos são de mudança.

Todas as criaturas independentemente da sua crença devem modificar seus parâmetros de análise seja em pensamento, palavras ou acções, todas as Religiões, Cultos ou Doutrinas que tenham como objetivo tornar o homem melhor, esclarece-lo e coloca-lo em conformidade com as Leis Divinas são bom suportes para nos ajudarem, não podemos esquecer que cada religião está em linha com as necessidades evolutivas dos seus seguidores

                                                                                              Impressão Espírita - João Paulo - 12/02/2017