Tema - Mala de Viagem
Inserir subtítulo aqui

Mala de Viagem

Na azáfama dos dias e na surdina das horas que passam sem nos darmos conta, mais somos parecidos a relógios de balanço ritmados pela gravidade, mas ainda humanos que num momento de reflexão ou contemplação pura e simples de algo compreendemos quanto tempo passou e nós já não somos os mesmos desde a última vez que realizamos o mesmo processo de observação.

Vivemos num mundo onde a comunicação é constante temos internet, satélites, Telemóveis, computadores ultra rápidos e a tecnologia não pára de nos surpreender com as novidades constantes que coloca ao nosso dispor, nós, desejamos e sofremos por possuir esses "hits" que nos alimentam o ego e amarram ao campo do materialismo, não é propriamente necessário sermos minimalistas, mas é importante ter medida com o que efetivamente nos faz falta e é verdadeiramente importante para a nossa vida.

Tomamos como verdadeiros objetos de "culto" alguns dos bens que temos aqui na terra, se possível até os levaríamos para o túmulo, nem a morte física nos separava deles.

Com a morte se descerram algumas desilusões, quando a nossa impreparação para o efeito assim se revela, confirmamos que esses bens em nada se mostram uteis à nossa nova posição.

A realidade é fria a tristeza profunda, o fascínio pelo materialismo desnecessário unicamente se traduz em pesadas âncoras  às quais estamos presos e nos impedem de seguir o verdadeiro caminho.

Na nossa mala de viagem que transportamos no regresso á verdadeira Pátria Espiritual? Nada levaremos dentro da mesma se não nos prepararmos para esse grande dia.

Jesus nos ensinou que os verdadeiros valores são os do Espírito, esses sim imperecíveis e necessários para nossa entrada no novo mundo.

Os Bens Morais são indissociáveis da nossa elevação, Benevolência, Indulgencia a bondade e a caridade sincera, são alguns dos "volumes" que devemos colocar em nossa Mala de Viagem.

A preparação e acumular destes "volumes" deverá começar o mais cedo possível, pois nunca sabemos quando será hora de partir, sem medo e preparados e com nossa Mala recheada estaremos bem mais aptos, face á realidade Espiritual que nos espera.

Como referido os bens materiais são importantes, para o nosso bem-estar e criam conforto aos vários níveis, bem como facilitam a nossa vida, mas é imperativo não exagerar e ceder á ganancia, opulência, exibicionismo ou à humilhação dos que nada possuem, equilíbrio e moderação são pontos a controlar e manter em foco.

Nesta vida tudo o que acumulamos no campo material fica no mundo material, não é possível transpor para o mundo extrafísico.

Um dia ao calor de uma lareira, alguém me ensinou algo importante e disse:

...Desta vida, só levamos e mostramos, tudo aquilo que demos...

                                                                           Impressão Espírita - Autor - João Paulo - 25/02/2017